terça-feira, 20 de maio de 2008

Bravos

No filmão do Robert Redford, de 1972, "Mais forte que a vingança" (Jeremiah Johnson), o personagem enfretava todos os guerreiros de uma tribo, um a um, pois assim havia honra para a tribo, que media o seu valor pelo valor de seu adversário.
Pena que isso é coisa de cinema, pois os "bravos" guerreiros kaiapós, hoje, enfrentaram um "fortissimo" adversário, um engenheiro da Eletrobras que deu uma palestra sobre a parte técnica da possivel futura usina de Belo monte.
Segundo o jornal Liberal 2º ed., o "perigoso" engenheiro foi cercado por vários índios da etnia kaiapó, agredido e cortado a terçado em um dos braços. Ficou cerca de 10 min. a merce dos "bravos", segundo o jornal.
Parabéns a "brava" tribo dos kaiapós, por tão "valente e perigoso" inimigo.
Pena que a noticia vai ganhar o mundo, pois os índios daqui não chegam aos pés dos do filme.

2 comentários:

morenocris disse...

Alex, bom dia. Saudades.

Levei o seu post para o morenocris.

Beijos.

K. disse...

Olá, gostaria de convidar você para participar da comunidade "Blogueiros Paraenses". É uma das formas que alguns blogueiros encontraram para valorizar e incentivar blogs interessantes como o seu.

O link para a comunidade é essa: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=54033045

Para saber maiores detalhes sobre o projeto, é só ler esse artigo: http://www.empurracomagua.org/2008/05/blogueiros-paraenses.html

Espero contar com a sua participação (-;